segunda-feira, 29 de maio de 2017

Ciclo de Palestras: Pensando o romance gótico (USP)

Data do Evento: 
qui, 01/06/2017 - 14:30 - 16:30

Prédio de Letras (sala 261). Av. Prof. Luciano Gualberto, 403, Cidade Universitária, São Paulo

Leitura da semana: Uma viagem de descobrimento





Uma viagem de descobrimento: a cultura do ver e do ouvir e a sala de aula
Carlos Eduardo de Almeida Sá
(Mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e Doutor em Teorias e Políticas em Educação pela Universidade Nove de Julho. Professor da Universidade Anhembi Morumbi)

R$ 34,60 (+ frete)

Veja na Livraria da Editora:



sexta-feira, 26 de maio de 2017

Evento hoje: lançamento de Diálogos interculturais



Evento de Lançamento HOJE! 

II Fórum de Cultura Eslava
UNICENTRO Capus Irati 
Dia 26 de maio de 2017, às 19 h





Homenagem a Antonio Candido: o professor em sala de aula

Nesta sexta-feira, 26 de maio, às 15h, no Auditório Nicolau Sevcenko (prédio de Geografia e História), a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas realiza o evento "Homenagem a Antonio Candido: o professor em sala de aula", que contará com a participação dos professores Berta Waldman, Davi Arrigucci Jr., José Miguel Wisnik, Maria Augusta Fonseca, Roberto Schwarz e Salete Cara.



O evento será transmitido ao vivo pelo canal no Youtube: 

https://www.youtube.com/watch?v=s-KRdSRamCU

quinta-feira, 25 de maio de 2017

Divulgação: Os artistas Carla Schwab e Eloir Jr., representam com sua arte, a Ucrânia e o Paraná em Brasília

O elegante Espaço do Hípica Hall em Brasília-DF recebe na quarta-feira, 31/05 às 19h, a 24ª. Edição do Sarau Chatô, evento cultural que celebra a Ucrânia e o Paraná, promovido pela Fundação Assis Chateaubriand e com patrocínio da Petrobras.

 

Entre os convidados pela Embaixada da Ucrânia no Brasil e Governo do Estado do Paraná, estarão presentes, e com seus trabalhos, os artistas visuais curitibanos, Carla Schwab e Eloir Jr.


O casal de artistas leva a Galeria de Arte do Sarau, trabalhos coloridos e cheios de simbologia dos laços entre Paraná e Ucrânia. Eloir Jr. resgata em suas pinturas as memórias trazidas pelos diversos povos ao Paraná em harmonia com araucárias, pinhões e gralha azul. “Procuro demonstrar a convivência harmoniosa das etnias que fazem de nossa terra, uma terra de todas as gentes”, diz.
Carla Schwab explora através de mandalas rendadas o universo vintage feminino com uma arte contemporânea sustentável. “Eu me inspiro nas lembranças e vivências, nas rendas executadas por minha mãe e avó”, relata a artista.


 Entre a gastronomia eslava e o barreado paranaense, a boa música da Terra de Guairacá e as kolomeikas, esta festa multicultural conta com a apresentação do Grupo Folclórico Ucraniano Verkhovena de Maringá-PR, Grupo Viola Quebrada e Branco Dipaulo. A Orquestra Filarmônica de Brasília dá o tom, e prestará uma homenagem aos dois países com canções temáticas que prometem fazer o público vibrar.
 O artesanato será representado pelas tradicionais pêssankas, as porcelanas ucranianas da Vecela Artes de Julia Bordun e colares confeccionados no tear de Simone Popovicz.



 Há quase 130 anos, desde que os primeiros imigrantes ucranianos chegaram ao Brasil, o Paraná acolheu a maioria das famílias que partiram do velho continente em busca de uma vida melhor e mantém, até hoje, a maior concentração de descendentes de ucranianos do País. Esta edição do Sarau Chatô, vai celebrar a herança cultural e hábitos de um povo que foi acolhido na Terra das Araucárias e que muito bem preserva com orgulho uma identidade étnica ímpar, de raízes milenares que se miscigenou ao Paraná.


 Serviço:
24º Sarau Chatô celebra a cultura da Ucrânia e do Paraná
Local: Hípica Hall - Setor Hípico Sul, Área Especial, lote 8 (ao lado da Sociedade Hípica de Brasília – próximo ao Zoológico de Brasília) 
Data: 31/05/2017
Horário: 19h
Entrada: Gratuita 
Classificação indicativa: Livre
Informações: +55 61 3214-1379

 www.facbrasil.org.br
  



quarta-feira, 24 de maio de 2017

Diálogos interculturais, com a capa do artista plástico Eloir Jr.

A nossa mais recente publicação, Diálogos Interculturais, traz na capa uma obra de arte do premiado artista Eloir Jr que em seu trabalho expressa lendas, festas e a cultura étnica européia no Paraná, para acompanhar o trabalho dos pesquisadores do Núcleo de Estudos Eslavos/NEES, da Universidade Estadual do Centro-Oeste/UNICENTRO.


DIÁLOGOS INTERCULTURAIS: 
Extensão e Pesquisa em Contextos de Imigração Eslava

Organizado por 
Mariléia Gärtner e Loremi Loregian-Penkal, 
com a participação de vários pesquisadores do assunto.


Confira na Livraria em:


Conheça o trabalho do artista em:




"Série ANTROPOFAGIA ESLAVA Numa Ode Cultural a grande pintora brasileira Tarsila do Amaral, que durante o movimento modernista da década de 1920, criou sua série Antropofágica, elaboro em paradoxo a minha série "Antropofagia Eslava", onde coloco em inculturação as origens da imigração eslava no Estado do Paraná, com ícones e símbolos como gralhas azúis, araucárias e lambrequins, para prestar esta minha homenagem a mais representativa pintora da primeira fase modernista no Brasil."




terça-feira, 23 de maio de 2017

Evento de Lançamento: Diálogos Culturais

Evento de Lançamento: 

II Fórum de Cultura Eslava
UNICENTRO Capus Irati
Dia 26 de maio de 2017, às 19 h




Para adquirir, acesse o link da Livraria da Editora em:

Mais informações, escreva para:
todasasmusas@gmail.com


segunda-feira, 22 de maio de 2017

Lançamento: Diálogos interculturais


O Núcleo de Estudos Eslavos da UNICENTRO e a Editora Todas as Musas orgulhosamente anunciam o lançamento de:

DIÁLOGOS INTERCULTURAIS:
Extensão e Pesquisa em Contextos de Imigração Eslava

Organizado por

Mariléia Gärtner
(Doutora em Letras pela UNESP, Professora da UNICENTRO e coordenadora do Núcleo de Estudos Eslavos) (org.)
e
Loremi Loregian-Penkal
(Pós-doutora em Letras pela UFPR. Professora da UNICENTRO) (org.)

Para adquirir, acesse o link da Livraria da Editora em:

Outras notícias da editora:

Mais informações, escreva para:
todasasmusas@gmail.com

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Homenagem ao aniversário de Mário de Sá-Carneiro


Dalila, da Vila Dalila, personagem de Manoel Guaranha



Do conto de Manoel Guaranha que está no livro:

Escritos do sobrado morto

R$ 25,00 (frete incluso)

Pedidos pelo e-mail 
todasasmusas@gmail.com
ou 
m-guaranha@uol.com.br


Veja os outros títulos da editora em:

MPF: Material didático de combate ao racismo contra indígenas

Material didático de combate ao racismo contra indígenas é disponibilizado para download


O Ministério Público Federal (MPF) publicou nesta segunda-feira (15) versão digital de material didático com informações para o combate às atitudes de preconceito, racismo e discriminação contra povos indígenas. O download pode ser feito por este link.


Leia na integra: 

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Mais uma do Seu Jó da Barra Funda, conto de Manoel Guaranha


Mais uma do Seu Jó da Barra Funda, conto de Manoel Guaranha que está no livro:

Escritos do sobrado morto

R$ 25,00 (frete incluso)

Pedidos pelo e-mail 
todasasmusas@gmail.com
ou 
m-guaranha@uol.com.br


Veja os outros títulos da editora em:

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Escritos do sobrado morto, de Manoel Guaranha


Escritos do sobrado morto
de
Manoel Guaranha
(Doutor em Letras pela USP, professor de Literatura Brasileira, Literatura Portuguesa, Teoria Literária e Comunicação e Expressão)

R$ 25,00 (frete incluso)

Pedidos pelo e-mail 
todasasmusas@gmail.com
ou 
m-guaranha@uol.com.br


Veja os outros títulos da editora em:



terça-feira, 16 de maio de 2017

Seu Jó da Barra Funda, conto de Manoel Guaranha


Escritos do sobrado morto
Manoel Guaranha
(Doutor em Letras pela USP, professor de Literatura Brasileira, Literatura Portuguesa, Teoria Literária e Comunicação e Expressão)

R$ 25,00 (frete incluso)

Pedidos pelo e-mail 
todasasmusas@gmail.com
ou 
m-guaranha@uol.com.br


Veja os outros títulos da editora em:

Concurso: USP - professor nas áreas de letras e ciências humanas

Vagas nas áreas de Sociologia, Letras Orientais, Lingüística, Letras Modernas e Ciência Política

DO JORNAL USP:
A Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP tem vagas para professor doutor nos departamentos de Sociologia, Letras Orientais, Linguística, Letras Modernas e de Ciência Política.
Os editais de todos os concursos podem ser consultados neste site, onde também deve ser realizada a inscrição.
As oportunidades são para atuar em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa. O salário mensal é de R$ 10.670,76.
No Departamento de Sociologia há uma vaga na área de Sociologia da Violência e uma na área de Métodos e Técnicas de Pesquisa.
No Departamento de Letras Orientais, a vaga é para a área de Língua e Literatura Coreana. Já no Departamento de Linguística, a USP seleciona professor na área de Descrição de Línguas Africanas. O Departamento de Letras Modernas procura docente na área de Estudos Linguísticos e Literários em Inglês.
A vaga no Departamento de Ciência Política é para a disciplina de Democracia, Políticas Públicas e Desigualdade.

http://jornal.usp.br/universidade/usp-tem-vagas-para-professor-nas-areas-de-letras-e-ciencias-humanas/

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Escritos do sobrado morto, de Manoel Guaranha


Escritos do sobrado morto
Manoel Guaranha
(Doutor em Letras pela USP, professor de Literatura Brasileira, Literatura Portuguesa, Teoria Literária e Comunicação e Expressão)

R$ 25,00 (frete incluso)

Pedidos pelo e-mail 
todasasmusas@gmail.com
ou 
m-guaranha@uol.com.br


Veja os outros títulos da editora em:

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Promoção Dia das Mães


Acesse a Livraria da Editora em:

Resenha: A literatura afro-brasileira no cenário nacional contemporâneo

Leia a resenha de Maurício Silva (Doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo; professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação na Universidade Nove de Julho)



Impulsionado pela aprovação, há mais de dez anos, da lei 10.639 e pela visibilidade, cada vez maior, dos movimentos de valorização da matriz africana da cultura brasileira, os estudos acerca da produção literária afro-brasileira tem ganho, nos últimos anos, importância cada vez maior. É o que demonstra - entre outros exemplos - a recente publicação dos livros Literatura afro-brasileira: 100 autores do século XVIII ao XX e Literatura afro-brasileira: abordagens na sala de aula, ambos organizados pelo professor e pesquisador Eduardo de Assis Duarte. 


resenha de:
DUARTE, Eduardo de Assis (coord.). Literatura afro-brasileira: 100 autores do século XVIII ao XX. Rio de Janeiro, Pallas, 2014.
DUARTE, Eduardo de Assis (coord.). Literatura afro-brasileira: abordagens na sala de aula. Rio de Janeiro, Pallas, 2014.


Texto integral:

Outros textos do mesmo volume:

Outros números da revista:

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Exposição Comemorativa ao Dia do Artista Plástico - Espaço Cultural da COPEL (Curitiba)

“ARS, GRATIA ARTIS”
Arte, pela Arte



“Ars, Gratia Artis”, do latim, “Arte, pela Arte”, batiza a exposição no Espaço Cultural da COPEL e comemora o Dia do Artista Plástico no Brasil. 



Oito de Maio é a data que celebra uma das manifestações artísticas mais antigas da humanidade: a pintura. No mundo contemporâneo os artistas plásticos não são somente reconhecidos por suas pinturas, ela transcende e se ocupa além das telas e estão presentes em tridimensionais, vídeo artes, fotografias e demais suportes e ocupações artísticas onde o limite é a criatividade.  


Com coordenação do Artista e Design Oswaldo Fontoura Dias, a mostra “Ars, Gratia Artis” (Arte, pela arte) está em sua 2ª. edição e conta com 06 artistas paranaenses que realizaram releituras de grandes nomes da História da mundial.
As obras apresentadas nesta exposição, em pinturas, aquarelas e instalações artísticas não são somente releituras de artistas famosos, mas sim, o resultado minucioso de uma interpretação daquilo que se vê, originando uma nova criação dentro da técnica e linguagem visual de cada artista expositor, uma análise da própria concepção, ou seja, a “arte, pela arte”.



Artistas participantes:  Ana Müller, Carla Schwab, Eloir Jr., Kézia Talisin, Oswaldo Fontoura Dias e Tânia Leal.


 Serviço:
ARS, GRATIA ARTIS – Exposição Comemorativa ao Dia do Artista Plástico
Local: Espaço Cultural da COPEL
Visitação: de 08/05 a 30/06/2017
De segunda a sexta-feira em horário comercial
Endereço: Rua José Izidoro Biazetto, 158-bl. A Mossunguê
Curitiba-PR
Telefone: 41 3331-3000
Entrada Franca 



Origem do Dia do Artista Plástico

O Dia do Artista Plástico surgiu para homenagear o pintor brasileiro José Ferraz de Almeida Junior, considerado um ícone entre os nomes mais importantes das artes plásticas no século XIX, no Brasil, considerado o precursor do regionalismo brasileiro.

José Ferraz de Almeida nasceu no dia 8 de maio de 1850, na cidade de Itu, interior de São Paulo e foi assassinado em 13 de novembro de 1899. Apenas em 1950 que o dia 8 de maio passou a ser oficialmente declarado o Dia do Artista Plástico Brasileiro.

Femiversomulti, de Evelyn Mello


Disponível na Livraria da Editora em:


sexta-feira, 5 de maio de 2017

Peça teatral de José de Alencar, com prefácio de Flavio Botton


Peça teatral de José de Alencar, com prefácio de Flavio Botton.
Formato A5 e pocket book. 
Série Teatro em Língua Portuguesa.
 
Disponível na Livraria da Editora em: